Apesar de parecer algo trivial ainda existem milhares de pessoas que não se acostumaram com a ideia de serem obrigadas a ter um celular mais moderno para solicitarem um motorista particular através de um aplicativo de viagens, como acontece com o Uber, 99 e Cabify. Geralmente, são mais velhas e que preferem um celular mais simples e objetivo.

Com o intuito de colocar um fim a essa “minoria” desemparada pelo avanço da tecnologia, assim como oferecer uma alternativa aos que por algum motivo não estão conseguindo utilizar o aplicativo, a Uber começou a testar no estado do Arizona, nos Estados Unidos, um novo serviço que permite aos cidadãos solicitarem um motorista por meio de uma ligação telefônica.

Infelizmente, no Brasil ainda não é possível solicitar um Uber por ligação telefônica, porém há esperanças de que esse novo serviço chegue aqui também, afinal, nosso país é o segundo maior mercado da empresa no mundo, que atualmente atua em mais de 65 países.

Como vai funcionar o Uber por telefone?

Ao fazer uma ligação para o número personalizado “1-833-USE-UBER”, o cliente será direcionado para uma central de atendimento para conversar diretamente com um funcionário da empresa. Esse, por sua vez, pedirá informações sobre o endereço de origem e destino, então lhe será informado o preço.

Como no aplicativo, o usuário poderá optar por qual categoria irá utilizar, como UberX, UberXL, UberCOMFORT, UberBLACK e UberSUV. Depois de escolher, o mesmo deverá passar ao atendente os dados de pagamento (caso não tenha feito isso antes) ou – se ainda não tem uma conta na plataforma – o funcionará pedirá algumas informações pessoais para criar uma.

Apesar do fato de que todo este procedimento poderá ser realizado por meio de um telefonema, não foi descartado o uso de um celular, porque depois de fazer a solicitação, o cliente receberá um SMS com os dados do motorista e a placa do veículo, ou seja, isso não será nem de longe um problema, pois até mesmo os celulares mais básicos e sem tela sensível ao toque recebem SMS normalmente.

Por fim, esse serviço será totalmente gratuito. Inicialmente, os testes estão sendo realizados apenas no estado do Arizona, porém a Uber garante que levará o serviço para mais estados. Com relação ao Brasil, ainda não há informações se essa alternativa poderá chegar ainda esse ano.