Depois de sofrerem as consequências da pandemia do novo coronavírus, a venda e o aluguel carros começam a registrar sinais de recuperação. Em entrevista à CNN, o executivo Eugênio Mattar, CEO da Localiza, está otimista quanto aos recentes números do setor.

“O setor de aluguel de carros foi muito afetado já que nós somos muito ligados à indústria. Mas nós temos uma divisão de aluguel de frotas para empresas e esse segmento não foi atingido, portanto, mantivemos 97% da frota funcionando”, afirmou.

A queda, segundo ele, foi mais forte em abril, quando amargou um índice de 53% de utilização dos automóveis. “No mercado de aluguel para seguradoras, inicialmente, nossa utilização caiu para 53% no mês de abril, nosso pior mês. Já em maio e junho recuperamos de uma maneira considerável e estamos animados para a retomada da economia. A expectativa para os próximos meses já é bastante otimista e todos os indicadores estão subindo mês a mês”, acrescentou.

Mattar disse ainda que a empresa tem investido em três melhorias: tecnologia de ponta, experiência do cliente e produtividade. Além da adaptação para o mercado, o executivo contou que a Localiza tem implmentado protocolos de segurança não apenas para clientes, mas para motoristas e funcionários administrativos.

“Temos um protocolo rigoroso para cuidar da segurança do cliente e do nosso colaborador, a Localiza é uma das poucas empresas do mundo que temos a solução completamente digital e estamos investindo ainda mais neste segmento. A gente acredita que as viagens nacionais serão mais frequentes no próximo verão e estamos preparando tudo para este momento”, disse. “Por precaução, também estamos colocando em todos os carros a divisão entre o passageiro e cliente para a manutenção de segurança”, conclui.

FONTE: CNN BRASIL

Fonte: Blog das locadoras