Todos os dias novos motoristas se cadastram na Uber, novos apps surgem, a concorrência aumenta e é preciso pensar em estratégias para aumentar o lucro. Por isso, determinar o melhor horário para trabalhar de Uber é fundamental.

Alguns motoristas preferem dirigir pela parte da manhã, pois se sentem mais seguros. Outros pela parte da noite, para não enfrentar muito trânsito.

No entanto, existem alguns fatores essenciais que devem ser avaliados para você escolher quais serão seus horários de trabalho. E um desses fatores são os picos de horário de solicitação de corrida.

Você que já é motorista Uber deve ter percebido quais são os horários que o seu app não para de apitar, não é mesmo? Mas resolvemos fazer um levantamento completo para você.

Analisamos de hora em hora os pedidos de viagens feitos pelo app e telefone, utilizando a base de dados da Machine.

Qual o melhor horário para trabalhar de Uber?

Agrupando o dia de 4 períodos (manhã, tarde, noite e madrugada), identificamos alguns padrões de picos de solicitação.

O dia inicia com mais pedidos a partir das 8 horas. É o horário em que as pessoas estão indo para seus trabalhos, faculdades, deixando os filhos no colégio.

Mas note que o nosso pico de solicitação está encaixado entre 18 horas 20h59. Ou seja, quando as pessoas estão voltando para suas residências.

Neste horário a demanda por corrida é muito grande, principalmente em regiões empresariais, no centro da cidade. É neste momento que muitos apps de transporte passam a cobrar o chamado preço dinâmico.

Segundo a Uber, o preço dinâmico equilibra oferta e demanda na plataforma. Assim, incentiva os motoristas a estarem disponíveis em uma região.

Preço dinâmico

O preço dinâmico é uma boa oportunidade para os motoristas faturarem mais em uma corrida. O motorista Uber Marlon Luz explicou em um dos vídeos o funcionamento do preço dinâmico.

É o momento em que nós motoristas podemos ganhar até 200% a mais, dependendo do evento que está acontecendo.

Marlon lembra que o mapa da Uber permite que o motorista verifique as regiões em que estão sendo praticados os preços dinâmicos. Mas ele alerta que, caso o local seja muito distante da região em que o motorista se encontra, não é tão vantajoso realizar o deslocamento. Isso porque ao chegar, o incentivo já pode ter acabado.

É por isso que uma boa dica é você estar disponível nestes horários de pico de demanda em locais movimentados como no centro da sua cidade.

Fernando, do canal Fernando Uber Floripa, conta em um dos seus vídeos quando em sua cidade, Florianópolis, foi realizado um concurso. O mesmo movimentou demais a região com um aumento grande da demanda e como consequência a aparição do preço dinâmico.

Ele conta que uma de suas colegas lamentou não ter faturando tanto quanto os outros, apesar de ter trabalhando o dia todo. “Não devemos seguir cegamente o app da Uber, precisamos nos posicionar melhor.

É por isso que uma dica simples é você ficar offline entre algumas viagens para poder enxergar o mapa. Assim, pode identificar as regiões de maior demanda e preço dinâmico”.

Ele conta que no caso do concurso, ele sabia que terminaria às 18 horas. Assim, pouco tempo antes, desligou a plataforma e foi se posicionar no local das provas. Logo que os candidatos saíram, o preço dinâmico foi ativado e ele conseguiu compensar financeiramente o tempo que ficou parado.

Por isso, é muito importante que você conheça os grandes eventos da sua região.

Mais números

Separarmos em períodos do dia a porcentagem das viagens realizadas.

Percebemos que com exceção da madrugada, quando em média apenas 10,35% das viagens são realizadas, há um certo equilíbrio durante o manhã (22,18%), tarde (32,32%) e noite (35,15%).

Agora você já sabe quais são os horários de maior pedido de corrida. Então, já pode avaliar com mais precisão seus horários de trabalho. Não esqueça que existem outras questões a se avaliar também.

Marlon conta que pela sua experiência, a relação ganho-hora trabalhada é maior à noite, principalmente nos finais de semana. Segundo ele, a noite você faz menos corridas, mas elas são maiores e o trânsito flui melhor.

Ele alerta que caso você queira ganhar os bônus que os apps dão por número de corrida realizada, o ideal é trabalhar pela parte da manhã. Isso porque você terá mais corridas.

O legal das corrida à noite é que as pessoas estão menos estressadas, pois estão indo para lugares que elas querem ir, restaurantes e festas. Assim, o clima dentro do carro é mais legal (Marlon Luz)

Outro fator é a segurança, tanto em questões de assaltos, quanto de acidentes de trânsito. Um levantamento realizado pelo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, mostrou que do total de 2.753 casos, ocorridos no Estado de São Paulo, 1.480 (53,8%) ocorreram entre 18h e 6h. É o momento em que as pessoas geralmente estão cansadas ou até mesmo alcoolizadas.

Por isso é importante ter muito cuidado ao trabalhar pela parte da noite. Sempre descanse bem e fique longe das bebidas alcoólicas.

Mantenha sempre muita atenção na direção.