[ad_1]

“Na solução da Porto Seguro, o cliente arca apenas com as benesses de ter um carro: recebe o veículo em casa, não faz depósito caução, não paga IPVA ou impostos agregados, e não se preocupa com troca de óleo e demais exigências comezinhas da manutenção”, explica Kedor. “No momento da revisão, algum ágil responsável se incumbe de buscar o carro na sua casa ou escritório — deixando outro, nas mesmas condições, como substituto temporário. Após um ano, ao renovar o contrato, recebe-se outro carro zerinho. É uma mão na roda — com o perdão da metáfora automobilística”, completa o CEO e sócio-fundador da Mobility.



[ad_2]

Source link